sábado, 29 de novembro de 2008

Cacaca da Petrobras

Quando pequeno, mamãe Regina sempre me alertava para não fazer merda com a seguinte frase:

_ Não vai fazer cacaca!

De lá para cá, sempre tive isso em mente para evitar maiores aborrecimentos e para não pular em ambientes de odores desagradáveis.

Pois cacaca foi o que acabou de fazer a Petrobras. Exemplo de tecnologia brasileira, orgulho do governo, acaba de perder o reconhecimento de empresa ambientalmente responsável justamente por fazer cacaca.

É que a empresa se negou a cumprir a Resolução 315/2002 do Conama (Conselho Nacional de Meio Ambiente) determinando a redução do teor de enxofre no diesel, norma que deveria ser cumprida até 1º de janeiro de 2009.

O combustível comercializado no país deveria apresentar concentração máxima de 50 ppm (parte por milhão) de enxofre. Atualmente varia entre 500 ppm nas regiões metropolitanas e 2.000 ppm nas cidades do interior e nas zonas rurais.

Na Europa, a concentração do enxofre admitida no combustível comercializado é de 50 ppm. Nos Estados Unidos já se encontra diesel com 15 ppm e, no Japão, a legislação impõe que o combustível tenha no máximo 10 ppm de enxofre.

A birra da Petrobras a afastou do Índice de Sustentabilidade Empresarial (ISE) da Bovespa. Isso pode influir nos ganhos da empresa no mercado de ações. Três bolsas têm esse índice no mundo: Londres, Nova Iorque e São Paulo.

Insistiu no diesel sujo e, além de dar mau exemplo, fez uma cacaca bilionária. É que os fundos de investimento costumam levar em conta recomendações do International Finance Corporation (IFC) e do Programa das Nações Unidas para o Meio Ambiente, que agora colocam a Petrobras em sua lista negra.

E pior: Além de perder dinheiro, a estatal brasileira ainda “se lixa” para a saúde da população. Estudo da Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo (USP) aponta que, nos dias mais poluídos na Região Metropolitana de São Paulo, o número de internações por doenças respiratórias cresce cerca de 8% e a mortalidade geral aumenta de 4% a 6% em virtude a concentração de enxofre no ar.

O prejuízo aos cofres públicos chega a R$ 3,2 bilhões por ano com o agravamento de doenças cardiovasculares e respiratórias provadas pela alta concentração de enxofre no combustível.

Por essa e por outras que a senadora Marina Silva (PT-AC) jogou para o alto o Ministério do Meio Ambiente e deu um pé na bunda do governo Lula.

sexta-feira, 28 de novembro de 2008

Site da Defesa Civil: Agora sim!

Na última segunda-feira, Botelheco criticou a "falta de sensibilidade" da Defesa Civil Nacional que, em seu site, mantinha na manchete uma matéria bajulando o presidente Lula, agraciado com uma medalha, e deixava em segundo plano a tragédia em Santa Catarina - veja o post.

Hoje, sexta-feira, o site traz informaçãoes úteis. A manchete é: Saiba como agir em caso de desastres. Agora sim, uma informação que se esperava de um órgão que tem justamente a função de atuar em casos desse tipo. Tem até um "Santa Catarina", em vermelho, piscando. Parabéns!

Mas demorou. Até quarta-feira a página manteve a manchete da medalhinha do Lula (que ficou no site durante um mês). Ontem, quinta, não conferi. De qualquer forma, antes tarde...

Não sei se mudaram por causa do post ou se alguém de bom senso sacou o absurdo e resolveu tomar providência. Só sei que o Botelheco registrou acessos de computadores baseados na sede da Secretaria Nacional de Defesa Civil, em Brasília. Alías, o post sobre o caso foi o mais lido e reproduzido (mas não comentado- esquisito né) em toda a curta história deste blog.

Reforma para meia dúzia


Reforma tributária. No Congresso Nacional não se fala de outra coisa. O fato é que trata-se de uma mudança "meia boca" que, na prática, não reduz impostos, o mínimo que se esperava de uma reforma justa em nosso sistema tributário. O único avanço, o imposto sobre as grandes fortunas, foi retirado do texto.

Era de se esperar já que o relatório foi feito por um deputado-empresário. Sandro Mabel (PR-GO), além de mensaleiro absolvido pelos colegas, é dono de uma das maiores fábricas de biscoitos do país. Aliás, em benefício próprio, ele incluiu no texto a possibilidade de estados permitirem a importação de insumos com isenção total de imposto. Tá querendo comprar trigo mais barato para suas fábricas.

Resumindo: Alguém acredita que uma reforma tributária gestada em recintos luxuosos do Hotel Meliá, em Brasília, vai beneficiar o metalúrgico que dá duro em uma fábrica de São Bernando do Campo? Essa era uma boa pergunta para se fazer ao presidente Lula.

Sobre isso, aliás, o site Congresso em Foco publicou uma boa matéria mês passado. Confira aqui.

Já ia esquecendo. A reforma também acaba com a CSLL dos bancos, aquele imposto de 15% sobre o lucro líquido. Coitadinhos dos banqueiros! Estão sofrendo tanto com a crise. Merecem mais uma ajudinha, não é Lula? Sobre isso, vale a leitura de outra matéria, desta vez do Estadão: Lucro líquido de 15 bancos supera o de 201 empresas.

Comparação: Para salvar bancos da crise o governo já liberou mais de R$ 150 bilhões. Para ajudar as vítimas da tragédia das chuvas em Santa Catarina foram pouco mais de R$ 1 bilhão.

DF se mobiliza por SC

Brasília também se mobiliza para arrecadar donativos para os atingidos pela tragédia provocada pelas chuvas em Santa Catarina. Neste momento, os flagelados necessitam com urgência de alimentos prontos para o consumo (biscoitos, entalatados, barras de cereiais, água, isotônicos...), materiais de higiene pessoal (sabonete, absorventes, fraldas descartáveis...) , roupas, cobertores e calçados, que devem ter numeração marcada do lado de fora, com caneta, bem como ter cada um dos pés amarrados, para evitar que os pares se percam.

As doações podem ser feitas em postos policiais, quartéis da Polícia Militar e do Corpo de Bombeiros, delegacias de polícias, agências do Na Hora e nas sedes das administrações regionais do Distrito Federal. Cada administração terá dois caminhões à disposição, cedidos pelo Sindicato dos Caminhoneiros, para levar o material até Santa Catarina.

Cinco médicos e 15 enfermeiros da Secretaria de Saúde, todos voluntários, também irão à Santa Catarina ajudar no atendimento às vítimas.

quinta-feira, 27 de novembro de 2008

quarta-feira, 26 de novembro de 2008

45 horas de tensão


O que era para durar 4 horas durou quase dois dias. 45 horas foi o tempo que minha cunhada levou para sair de Jaraguá do Sul, no Norte de Santa Catarina, e chegar a Florianópolis. Ela ainda não se recuperou da maratona, mas conta em seu blog um pouquinho da saga no meio da enchente. Teve sorte, está inteirinha. Clique aqui par ver.

terça-feira, 25 de novembro de 2008

Capitalismo social

Vivemos uma nova fase do capitalismo, o capitalismo social. "Oba, os lucros serão repartidos", comemoraria um marxista. Que nada, a divisão é dos prejuízos.

De onde vem o dinheiro que os governos do mundo todo estão gastando para salvar as instituições financeiras?

O Citibank agradece.

segunda-feira, 24 de novembro de 2008

Diálogo presidencial

Fico imaginando aqui a conversa, nesta terça-feira, entre Lula e o presidente russo Dmitry Medvedev.

Logo na chegada o convidado, mantendo o protocolo, pergunta:

Lula, como estás?

No que nosso presidente responde:

É crise, enchente em Santa Catarina, grampo pra todo o lado, essa minha candidata que não decola... A situação tá russa companheiro!

E Medvedev devolve:

Russa não! Tá Bush e daqui a pouco vai ficar Obama.

Obs: Tô vendo que arrumei Sarkozy pra me coçar. Mas nem intica** que te dou um Berlusconi que não sara nem com Merkel.

** provoca

Conta, ajuda e informações

O Blog Sambaqui na Rede, do camarada Celso Martins, está repleto de informações sobre a situação de Santa Catarina. Traz, por exemplo, a notícia que a Defesa Civil catarinense abriu hoje duas contas bancárias para receber doações em dinheiro destinadas as pessoas atingidas pelas cheias.

São elas:

Banco do Brasil – Agência 3582-3, Conta Corrente 80.000-7
Besc – Agência 068-0, Conta Corrente 80.000-0

Diz o Celso que os recursos serão usados na compra de mantimentos para os desalojados, segundo informação da Secretaria de Estado de Comunicação.

"Adispois tem di fiscalizá né, pra sabê qualifoi", diria "seu Bicaca", lá do Pântano do Sul.

Outro endereço interessante é o Coluna Extra, do camarada Alexandre Gonçalves, que reúne, via twister, uma série de informações sobre a situação em Santa Catarina. Sua idéia foi parar no Diarinho, que, impedido pela chuva de circular, está no ar com um blog de emergência.

Peguei pesado?

Já tem gente me mandando e-mail (ficam com vergonha de comentar no blog) para dizer que "peguei pesado" com a Secretaria Nacional de Defesa Civil. Reclamei da manchete do site deles que destacava medalhinha para o Lula e deixava em segundo plano o desastre em Santa Catarina. Dizem que o mais importante agora é atender as vítimas (mas isso é óbvio) e não alimentar o site da entidade (o que discordo).

Ora, minha gente, informação também salva vidas.

Um raio-x detalhado da situação, com acesso fácil (e a internet é acessada hoje até por celular), evitaria, por exemplo, que muita gente se aventurasse pelas estradas numa hora dessas e corresse o risco de morrer em um deslizamento de barreira.

Bom lembrar, também, que essa não é a primeira vez que a Defesa Civil Nacinal demora para reagir a uma calamidade. Lembram do ciclone "Catarina" em 2004? Pois é, naquela época também dormiram no ponto. Desculpa? Não fazem plantão do fim de semana. Pode uma coisa dessas?

Matéria da Folha Online tascou a seguinte manchete: Defesa Civil de Lula folga no fim de semana e ignora ciclone no Sul. Leia mais.

PS: Estou me referindo, que fique claro, a lerdeza da turma de Brasília. Pelas informações que tenho, a Defesa Civil de Santa Catarina está desde o início em alerta e trabalhando dioturnamente.

Parabéns pra você...

Na tarde de hoje , após o post abaixo do Botelheco, o site da Secretaria Nacional de Defesa Civil começou a publicar matérias informando sobre as providências do órgão com relação as enchentes em Santa Catarina. Noticia, entre outras coisas, que o ministro Geddel Vieira Lima segue para Santa Catarina, que o Secretário da Defesa Civil sobrevoa a região mais afetada pelas chuvas e também que Defesa Civil Nacional presta socorro à população catarinense (era só o que faltava não prestar!). Porém, na manchete do site ainda permanece a medalha para Lula.

Aliás, seguem os sinceros parabéns do Botelheco para a matéria, que completa um mês de babação de ovo hoje. É que a solenidade de condecoração aconteceu no dia 24 de outubro.

Enquanto tragédia atinge SC, site da Defesa Civil bajula presidente Lula


A tragédia provocada pelas chuvas em Santa Catarina já causou a morte de 47 pessoas e deixou mais de 20 mil desabrigados, sem contar os milhares de cidadãos que estão ilhados em suas residências e nas rodovias. Enquanto isso, para o site da Secretaria Nacional da Defesa Civil, o mais importante é bajular o presidente Lula. Nesta segunda-feira, às 14h30, trazia como manchete: Ministro e secretário de Defesa Civil entregam medalha ao Presidente Lula.

Não havia, na página, informações detalhadas sobre a enchente que atinge o estado do Sul e suas conseqüencias. Para o internauta interessado em orientações, não era possível encontrar dados sobre mortes, desabrigados, mapeamento de quedas de barreiras, municípios atingidos ou qualquer outro detalhamento sobre a situação. O mesmo ocorria no site do Ministério da Integração Nacional, pasta que comanda a secretaria.

Era possível, no entanto, saber detalhes sobre a Medalha Defesa Civil Nacional 2008. Dizia o site: "Criada pelo Decreto nº 4217, de 06 de maio de 2002, a Medalha destina-se a distinguir e premiar personalidades civis ou militares, nacionais ou estrangeiras, e instituições ou bandeiras das instituições civis ou militares que tenham prestado serviço ao País e à comunidade nacional em assuntos de Defesa Civil. O Ministro Geddel Vieira Lima e o secretário Nacional de Defesa Civil, Roberto Guimarães, entregaram, no Clube do Exército de Brasília, a Medalha da Defesa Civil Nacional". O texto era ilustrado com uma foto do presidente Lula recebendo a premiação ao lado dos citados.

Sobre a tragédia em Santa Catarina havia apenas a notícia abaixo, publicada nesta segunda-feira, com pequeno destaque: Geddel Vieira Lima envia socorro a Santa Catarina

Santa Catarina dos Alagados

Santa Catarina está debaixo d'água e alguns de meus parentes sofrem com os efeitos da chuva que não dá trégua no meu estado natal.

Minha cunhada Adilene está ilhada entre Barra Velha e Piçarras e não consegue retornar para Floripa. Vindo de Jaraguá do Sul topou com uma barreira monstro em Piçarras, no litoral Norte. Tentou retornar para casa de minha sobra, em Jaraguá, mas foi impedida por outra queda de barreira, desta vez em Barra Velha. Passou a noite de domingo para segunda-feira em um posto de combustíveis, onde se aglomeravam milhares de viajantes. A água acabou em poucas horas e a comida também rareou. Sorte que carregava na mala uma "cuca" da mamãe alemoa e dois potes de feijão. Hoje conseguiu, pelo menos, chegar até Penha, por um desvio, onde se alojou em uma pousada. A previsão para liberação da BR-101 é de cinco dias.

Meus pais tiveram mais sorte. Estavam em Águas Mornas, no sítio, e conseguiram uma brecha para sair de lá no domingo, após a liberação de uma barreira. Foi só passarem que caíram mais algumas. Hoje, uma cratera levou parte da pista da BR-282. Contaram com ajuda do destino e já estão a salvo em Floripa.

Deixo aqui minha solidarieda às famílias dos (até gora) 47 mortos, 12.484 pessoas que precisaram ir para abrigos e 7.357 desalojados, totalizando 19.841 pessoas que tiveram de sair de casa.

Aqui em Brasília os parlamentares se movimentam para ampliar a ajuda do governo federal para o estado. É hora de deixar as diferenças de lado e somar esforçar para socorrer as vítimas desse tragédia.

Lanço aqui uma idéia: Que tal lançar um pedágio solidário, nessa época que se aproxima a temporada, para pedir aos turistas uma ajuda para as vítimas desse desastre natural. Acho que uma campanha dessas seria muito bem recebida pelo pessoal que curte nosso belo litoral. Ao voltar para casa, depois de curtirem merecidas férias, poderão levar na bagagem a certeza de que ajudaram a reerguer a vida de muitas das famílias que os acolhem todo ano.
Foto: Tatyana Azevedo do Clic RBS.

domingo, 23 de novembro de 2008

Ladrão criativo

Essa é outra que anda circulando aí pela web. O sujeitinho arrumou um jeito de roubar carro sem muito trabalho. A técnica só exige tempo e paciência. Dá uma olhada como funciona a malandragem nesse vídeo abaixo. Então, não esqueça, ao sair do carro tire a chave do contato. Não custa prevenir.

video

sábado, 22 de novembro de 2008

Versão em Inglês

Seguindo uma dica do Cibils passei a usar uma ferramenta do google que permite a tradução automática do blog para o inglês. Tá certo que não fica lá essas coisas, mas ajuda muito para os "gringos" que não entendem patavina (essa palavra não vai ser traduzida, por ememplo) de português. É uma opção interessante. Clique aqui para ver.

Ardente desejo

Recebi essa de minha irmã Jéssica. Diz o e-email que, em um momento de descontração, o poeta Carlos Drumond de Andrade escreveu:


'Satânico é meu pensamento a teu respeito, e ardente é o meu desejo de apertar-te em minha mão, numa sede de vingança incontestável pelo que me fizeste ontem. A noite era quente e calma e eu estava em minha cama, quando, sorrateiramente, te aproximaste. Encostaste o teu corpo sem roupa no meu corpo nu, sem o mínimo pudor!

Percebendo minha aparente indiferença, aconchegaste-te a mim e mordeste-me sem escrúpulos. Até nos mais íntimos lugares. Eu adormeci.

Hoje quando acordei, procurei-te numa ânsia ardente, mas em vão. Deixas-te em meu corpo e no lençol provas irrefutáveis do que entre nós ocorreu durante a noite. Esta noite recolho-me mais cedo, para na mesma cama te esperar. Quando chegares, quero te agarrar com avidez e força. Quero te apertar com todas as forças de minhas mãos. Só descansarei quando vir sair o sangue quente do seu corpo.

Só assim, livrar-me-ei de ti, pernilongo Filho da Puta!'

Botelho da Amazônia

Certa vez o camarada Dauro Veras me mandou para uma missão jornalística no Amazonas. Já em Manaus, comecei a me apresentar como Botelho e a recepção era curiosa. Os marmanjos ficavam desconfiados e a mulherada faceira. Em uma semana viajando pelo estado acabei descobrindo o motivo da "cabreirisse". Botelho lá é um dos nomes usados pelo tal do boto que "vira homem", faz farra em botecos e "embucha" a mulherada. Qualquer semelhança com outra lenda do Sul, a do "Diabotelho", não é pura coincidência. Para entender melhor a história segue abaixo uma animação educativa de Rodrigo Araújo, que catei no youtube.

terça-feira, 18 de novembro de 2008

Transparência Total

Pode-se acusar o delegado Protógenes Queiroz de ter extrapolado de suas prerrogativas durante as investigações da Operação Satiagraha, que resultou na prisão do banqueiro Daniel Dantas. Mas jamais será possível dizer que ele não seguiu a risca o dever de dar transparência e publicidade aos atos públicos.

segunda-feira, 17 de novembro de 2008

Ministro resenha

O jornal Valor Econômico desta segunda-feira traz uma matéria que dá a dimensão de como nosso ministro da Fazenda, Guido Mantega, está preparado para enfrentar a crise econômica e impressionando as autoridades financeiras internacionais. Com o título "Sugestões do Brasil foram desprezadas ou ignoradas", a reportagem sobre a reunião do G-20 conta, a certa altura, o seguinte "causo":

"Em meados de outubro, ele se reuniu com o secretário do Tesouro dos EUA, Henry Paulson, em Washington e sugeriu várias medidas para acalmar os mercados financeiros. Quando terminou, Mantega entregou a Paulson um exemplar da revista britânica "The Economist" e disse que tirara dali as recomendações que fizera. Paulson apenas folheou a revista e agradeceu".

Se perder o posto, já pode virar garoto propaganda da Mastercard. "Pagar mico" com o dono do cofre americano e achar que "abafou" não tem preço.

Sou obrigado a admitir que ainda bem que temos o Meirelles, para o bem e para mal. O resto é coisa de passar no pão.

Na política é da cintura para baixo


Passadas as eleições municipais entra na avenida, com toda a força, a disputa pela Presidência em 2010. Nessa briga não há regras e a maior parte dos golpes é da cintura para baixo. Não há trégua nem mesmo dentro dos partidos, onde a rinha é forte, podendo provocar baixas a todo o instante.

A mídia começa a colaborar para o acirramento dos ânimos, divulgando balões de ensaio de ambos os lados do ringue. É fase de soltar teses para "ver se cola" e medir a reação dos adversários.

Há menos de um mês do término da eleição municipal, o noticário político ferve a chaleira de 2010. Lula lançou oficialmente a ministra Dilma como sua sucessora. O anúncio foi feito na Itália, país onde agora, após conquistar a dupla cidadania, a primeira-dama "Galega" é cidadã. De dentro do PT, o cassado Zé Dirceu, pai do mensalão, trabalha contra a mãe do PAC, com ajuda do justiceiro ministro Tarso Genro.

No ninho tucano, José Serra e Aécio Neves se apressaram em confirmar suas pré-candidaturas e começaram a estocar o governo federal. Do PPS, a mídia já fala que se juntará aos tucanos, formando um só partido. A legenda, no entanto, confirma apenas o apoio a um candidato a presidente do PSDB.

O PSB e o PDT também ensaiam um casamento e insistem no lançamento de um terceiro candidato, provavelmente Ciro Gomes. Mas dentro desse grupo há divergência. Caso do deputado Miro Teixeira, líder do PDT na Câmara, que quer construir uma nova sigla que bem que poderia se chamar PBG (Partido do Balaio de Gato), pois pretende unir parlamentares do DEM, PSDB, PMDB, PV, PPS, PP e PDT.

Do PMDB, pode-se adiantar que, apesar de insistir na balela de candidato próprio a presidência, será mais uma vez governo.

Em outra frente, o Congresso trabalha para esculhambar ainda mais o quadro, abrindo uma janela para o troca-troca partidário. A idéia é permitir que em setembro de 2009, pouco mais de um ano antes das eleições presidenciais, os políticos fisiologistas possam pular para o barco do candidato que estiver na frente das pesquisas.

No meio de tudo, a crise econômica. Só falta aparecer um doido que queira acabar com toda essa guerra com um tiro só.

2009 e 2010 serão anos muito divertidos.

sexta-feira, 14 de novembro de 2008

Cervejinha e tira-gosto da longevidade

No Rio Grande do Sul uma senhora vai completar 100 anos. E daí? É que a receita da longevidade é um coquetel formado por cerveja, cigarro, toucinho, torresmo e morcilha. Ficou curioso? Leia mais aqui.

terça-feira, 11 de novembro de 2008

Castração e o direito do sucessor

Com a divulgação seguida pela mídia de casos de abuso sexual contra crianças, já tem parlamentar defendendo a castração química de condenados por crimes de pedofilia, medida que é adotada na Alemanha, mas apenas com a concordância do réu. O assunto é polêmico, não é para brincadeira, mas frente ao argumento de um camarada meu, que analisou a Constituição, não resisto na gracinha:

Diz ele que a pena de um crime cometido por uma pessoa não pode ser repassada para seu sucessor (filho, filha, neto...). Desse modo, castrar o acusador seria condenar antecipadamente os filhos que poderiam dele advir. Entendeu?

Um argumento desses só poderia sair de um tarado pela carta magna.

Obs: A pedofilia é um crime bárbaro que precisa ser combatido com o máximo rigor da lei. Porém, sempre respeitando os limites de nossa Constituição que diz, em seu artigo 5°, que não haverá penas de morte, de caráter perpétuo, de trabalhos forçados, de banimento e cruéis (no que se encaixa, segundo jurista consultado pelo blog, a castração química). Esse artigo é cláusula pétrea, ou seja, não pode ser modificado nem por PEC (Proposta de Emenda Constitucional).

sábado, 8 de novembro de 2008

Nossa nave




_ Pai, quando nós vamos viajar de nave?
_ Hoje, meu filho. É só viajar.
Foto captada no Ginásio Nilson Nelson, Brasília-DF.

quarta-feira, 5 de novembro de 2008

Big wave

A eleição de Barack Obama presidente dos Estados Unidos enterra de vez a tese do presidente Lula de que a crise econômica não passa de uma "marolinha". Não foi por acaso que os americanos escolheram para governar o país um homem que nasceu no Havaí. Ele está acostumado com ondas gigantes. Aqui, no Brasil, Lula mal sabe nadar.

segunda-feira, 3 de novembro de 2008

Hamilton que se cuide...

Agentes da Abin foram vistos no GP Brasil de Formula 1, no último domingo, em atitude suspeita. Dizem que carregavam um equipamento guardião (aquela maleta grampeadora que ficou famosa após a divulgação das escutas contra o presidente do STF, Gilmar Mendes). Os arapongas teriam interceptado várias conversas via rádio com o piloto Timo Glock, da Toyota, aquele que deu ao inglês o quinto lugar na corrida e o título mundial. Oficialmente, o carro do alemão teria "perdido rendimento" na última curva.

Os agentes da Abin (que são massa, sacou brother?) desconfiam da versão. Hamilton que se cuide...

Seria esse um motivo para reanimar a moribunda CPI do grampo?