quarta-feira, 27 de fevereiro de 2008

Ministro Lupo

O ministro da Trabalho, Carlos Lupi, bem que poderia trocar de sobrenome. Coisa simples: de Lupi passaria a Lupo. Afinal é de conhecimento público que ele assumiu a pasta com o único objetivo de fazer o "pé-de-meia", o seu e o dos companheiros de partido.

De um total de R$ 158 milhões em convênios assinados pelo Ministério do Trabalho no final de 2007, cerca de R$ 90 milhões foram destinados a 16 entidades cujos dirigentes são filiados ou parentes de filiados ao PDT, partido do qual Lupi é presidente.

Vai faltar meia para embalar toda essa grana.

2 comentários:

Ricardo Rayol disse...

meia não, cuecas

Cisne Negro disse...

cuecas, meias, calcinhas, clinicas de estética, tapioca, e muito mais...